“QUANDO EU PENSO EM CUIABÁ...”: SIGNIFICAÇÕES DA CIDADE POR CRIANÇAS EM ESCOLAS PARTICULARES

Paula Figueiredo Poubel, Daniela Barros da Silva Freire Andrade

Resumo


Este estudo apresenta um recorte da pesquisa de mestrado intitulada Representações sociais da cidade de Cuiabá: estudo com crianças em contexto de escolas particulares. Objetiva a identificação e análise das significações da cidade de Cuiabá, segundo crianças em contexto de escolas particulares. Adota como aporte teórico a Teoria Histórico-Cultural (VIGOTSKI, 2009; 2010). Os dados foram gerados com 40 crianças, em quatro escolas particulares, divididas entre as regiões: Leste, Oeste e Sul. Realizou-se entrevistas semiestruturadas individuais, que foram processadas pelo software Analyse Lexicale par Contexte d´um Esemble de Segments de Texte (ALCESTE). Os dados anunciam que aspectos da cidade como as ruas, bairros e praças são identificados como cenários observados pelas crianças durante os trajetos que percorrem, geralmente realizando a ligação entre lugares de família, consumo e a escola. A cidade aparece nas entrevistas como lugares fragmentados e a ausência dos elementos históricos sugere uma postura de distanciamento em relação a um enraizamento cultural. Tais constatações desvelam o potencial transformador dos processos formativos ao mesmo tempo que evidenciam o seu poder de conservação.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós Graduação em Educação - CUML | ISSN: 2238-4979 | Qualis: B2

Indexada em:


Latindex

bbe

edubase

clase

iresie