A REFORMA DO ENSINO MÉDIO: ASPECTOS DISCURSIVOS SOB A PERSPECTIVA DA GOVERNAMENTALIDADE

Ricardo José Reis de Abreu, Marcia Aparecida Amador Mascia

Resumo


O objetivo deste trabalho é problematizar, sob a perspectiva da governamentalidade neoliberal, a reforma do ensino médio proposta inicialmente pela Medida Provisória nº 746/2016, rapidamente convertida no Projeto de Lei nº 34/2016 e que, em fevereiro de 2017, passou a vigorar sob o texto da Lei nº 13.415/2017. Através de uma breve retrospectiva histórica, pretendemos demonstrar como as políticas públicas educacionais, instituídas pelos dos documentos oficiais (medidas provisórias, projetos de lei e decretos), estão imbricadas em redes de poder-saber, desenhando-se de acordo com os cenários políticos, sociais e econômicos estabelecidos. Esperamos com isso trazer elementos que possibilitem a desconstrução das tramas envolvidas nesta proposta educacional que ganha contornos de uma técnica de governamentalidade que visa a produção de sujeitos harmonizados com a racionalidade neoliberal.

Palavras-chave


governamentalidade, Foucault, currículo, políticas públicas educacionais.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós Graduação em Educação - CUML | ISSN: 2238-4979 | Qualis: B2

Indexada em:


Latindex

bbe

edubase

clase

iresie