COMO APRENDE O ESTUDANTE COM DEFICIÊNCIA? COMPREENSÕES DE ACADÊMICAS DE UM CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

Andrea Soares Wuo, Perla Torrens

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar as compreensões de acadêmicas de um curso de licenciatura em Educação Especial de uma universidade do estado de Santa Catarina acerca do processo de aprendizagem de crianças com deficiência. Por meio da aplicação de questionários com questões abertas, a análise dos resultados evidenciou a tendência a uma concepção linear de desenvolvimento humano, em que o tempo de aprender caracteriza-se como a principal diferença em relação aos outros estudantes, cabendo ao professor a adaptação/simplificação do currículo como forma de incluir o estudante no processo de escolarização. Por outro lado, observam-se compreensões que buscam olhar os estudantes a partir de suas singularidades e a necessidade de superação de uma cultura e um currículo escolar fundamentados em normas previamente estabelecidas que limitam o desenvolvimento de potencialidades de todos os estudantes.


Palavras-chave


Aprendizagem; Deficiência; Educação Especial; Educação Inclusiva

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós Graduação em Educação - CUML | ISSN: 2238-4979 | Qualis: B2

Indexada em:


Latindex

bbe

edubase

clase

iresie