Pré escola ou primeiro ano do Ensino Fundamental? Proposições de crianças de um município do interior de São Paulo

Carol Raniro, Silvia Regina Ricco Lucato Sigolo

Resumo


Este artigo pretende revelar proposições de quinze crianças de camadas populares sobre o Ensino Fundamental e a Educação Infantil, a partir das experiências delas em escolas da rede municipal da cidade de São Carlos – interior de São Paulo. A pesquisa, de carácter qualitativo se propôs a realizar conversas individuais entre crianças e a pesquisadora a partir de um desenho da escola e de um roteiro semiestruturado de questões previamente elaboradas. As falas foram gravadas, transcritas, lidas, relidas, categorizadas e analisadas à luz da perspectiva bioecológica de desenvolvimento e da Sociologia da Infância. Os resultados revelam que a maioria das crianças parece satisfeita e prefere o Ensino Fundamental ao nível anterior. O estudo se torna pertinente principalmente porque ainda são poucos trabalhos que consideram depoimentos das crianças sobre as escolas que elas frequentam. É relevante porque possibilita pensar a escola, as práticas que ali se instituem, e, sobretudo permite conhecer o que têm a dizer, o que sentem e pensam as crianças.

Palavras-chaves: Ensino fundamental. Educação Infantil. Proposições de crianças.


Palavras-chave


Ensino Fundamental; Educação Infantil; Proposições de crianças

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós Graduação em Educação - CUML | ISSN: 2238-4979 | Qualis: B2

Indexada em:


Latindex

bbe

edubase

clase

iresie